×

Projeto Extensão “Cultura e História Africana, Afro-brasileira e Indígena FACINOR/ CUFA” promove oficinas sobre Lutas e

      No mês de maio de 2015, ocorreram a 3ª e 4ª oficina do Projeto de Extensão “Cultura e História africana, afro-brasileira e Indígena”. O projeto que é realizado a partir da parceria entre FACINOR e CUFA Loanda, está em consonância com as Leis 10.639/03 e 11.645/08 que tornaram obrigatórias o ensino da História da África da Cultura afro-brasileira e indígena, e ainda, traz como preocupação reflexões que promovam uma reeducação das relações étnico raciais e para os Direitos Humanos.
      O projeto que está em sua terceira edição, ocorre anualmente e consiste na realização de oficinas ministradas ao longo do ano, que abordam variados temas ligados à cultura e história africana, afro-brasileira e indígena (além de abordar temas como racismo, preconceito (social, étnico, gênero, etc.) e diversidade humana.
Neste mês, ocorreram as oficinas com o tema “Lutas africanas e afro-brasileiras” e “Música africana e afro-brasileira”, ambas ministradas pelo prof. Esp. Cássio Joaquim Gomes (Coordenador da CUFA Loanda, Atleta profissional e professor do Departamento de Educação Física).
      Durante a oficina sobre “Lutas africanas e afro-brasileiras”, foi traçado uma linha do tempo sobre a origem das lutas sendo evidenciados os estilos de lutas oriundos dos povos africanos. Neste aspecto, a luta foi abordada a partir das experienciais socialmente construídas por diferentes povos ao longo tempo, sendo esta compreendida a partir de valores morais e filosofia de vida. A partir destes elementos, foi caracterizada a prática de lutas no Brasil, e evidenciado a permanência e mudanças de elementos africanos nas lutas afro-brasileiras como o caso da capoeira e batuque.
      Na oficina sobre “Músicas e Movimento Negro” foi abordada a história do Race Music (música de raça) e Black Music (música negra), indicado a relação entre racismo, discriminação, movimento social e música desde o século XIX na América. Assim, inicialmente foram apresentadas a história e desenvolvimento da Race Music, desde o surgimento das “músicas de trabalho” que eram entoadas por escravos e trabalhadores prisionais nos EUA, até o surgimento do Blues, Jazz e mais recentemente o Rock in Roll e Funk. Ao longo da oficina, foram apresentados os principais representantes da Black Music, sendo evidenciado o histórico de racismo e a luta por direitos de importantes cantores como Louis Armstrong e James Brown.
      Agradecemos ao apoio e contribuição dos coordenadores de curso, da Escola Camponesa Chico Mendes e todos os participantes. No dia 27 de junho ocorrerá a 5ª Oficina do projeto com o tema “Danças africanas e afro-brasileiras” que será ministrada pela professora Sandra, as inscrições poderão ser realizadas a partir do dia 01 de junho na secretaria da FACINOR.
      Em outubro, ocorrerá a I JORNADA SOBRE CONSCIÊNCIA NEGRA, mais um evento da parceria FACINOR – CUFA Loanda.
 
Prof. Esp. Cássio Joaquim Gomes
(Coordenador da CUFA Loanda/ Professor do Departamento de Educação Física).

Busca de Notícias